Ciclo de Conferências Lisboa XXI



O bairro de Campo de Ourique: um projecto singular

Susana Maia e Silva

10 Março,

14:30 – 15:30

Auditório Afonso Barros, Ala Autónoma

Entrada livre

ISCTE-IUL,

Av. das Forças Armadas, Lisboa

Resumo

O bairro de Campo de Ourique foi projetado pela Câmara Municipal de Lisboa a partir de 1878, constituindo uma das primeiras iniciativas no âmbito de uma nova estratégia urbana desenvolvida para a cidade.

Planeado para uma zona marcadamente rural, no extremo ocidental da capital, o bairro distingue-se das intervenções urbanísticas subsequentes, pela sua localização e pela sua morfologia, configurando-se como um caso de excepção no âmbito do programa urbanístico municipal.

Procura-se, ao analisar o projecto urbanístico de Campo de Ourique, o objectivo da iniciativa, a sua concepção, planeamento e execução, partir para o entendimento do modo de atuação e das prioridades da Câmara Municipal no âmbito das novas aspirações para a cidade.

Nota curricular

Susana Maia e Silva, natural de Lisboa, é licenciada em História, variante História da Arte, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (UNL) (1998). Concluiu o Mestrado em História da Arte Contemporânea (FSCH/UNL) em 2014, com a dissertação intitulada O bairro de Campo de Ourique: projectos e actuações (1878-1958).

Tem-se dedicado quase inteiramente ao estudo do bairro e da zona de Campo de Ourique, apresentando com alguma regularidade comunicações que versam diversas temáticas sobre este espaço da cidade. Elaborou, ainda neste âmbito, um estudo sobre a implantação e história do Quartel de Campo de Ourique (2008), a pedido da Escola do Serviço de Saúde Militar, unidade residente no Quartel.

Neste momento procura aprofundar diversas questões que abordou na sua dissertação, e desenvolve um projecto de divulgação da história do bairro.

5º Ciclo de Conferências LISBOA XXI - Minha Querida Lisboa

Coordenação Cientifica: Paula André

Organização: DINÂMIA’CET-IUL

O complexo processo do contemporâneo território urbano é o espelho das dinâmicas, das convergências, das contradições e dos discursos do mundo simultaneamente globalizado e localizado. A realidade urbana actual tem sido tema de investigação e reflexão em monografias e ensaios, plataformas e laboratórios, exposições e seminários, que a partir de uma caracterização do presente ambiente construído e trabalhando numa convergência dos saberes (arquitectura, urbanismo, geografia, economia, história, antropologia, filosofia, sociologia, arte, design…), procuram debater visões prospectivas das quais resulta um vasto reportório conceptual que constrói a história urbana.

A partir desta perspectiva transdisciplinar o 5º Ciclo de Conferências LISBOA XXI sob o título Minha Querida Lisboa, inserido na unidade curricular “Lisboa: rupturas e continuidades”, leccionada e coordenada pela Professora Paula André no Mestrado Integrado em Arquitectura da Escola de Tecnologias e Arquitectura do ISCTE-IUL, tem como principal objectivo desenvolver uma abordagem contemporânea de um caso concreto de cidade – Lisboa.

No sentido de laboratório de reflexão critica e de debate multidimensional, revela-se a cidade de Lisboa como âncora de uma cultura metropolitana nas suas dimensões Agostinianas de urbs e civitas, actualizadas nos domínios físicos, conceptuais, políticos e de governança da cidade.

Pretende-se analisar criticamente a arquitectura e o urbanismo da cidade como processo cultural, inscrito na problemática das memórias e das identidades. No sentido de promover uma abordagem transdisciplinar e holística em long durée da cultura urbana através do caso de Lisboa, no contexto das suas raízes históricas, foram convidados especialistas das áreas do Urbanismo, da Arquitectura, da Engenharia, e da História da Arte.

#Lisboa #Arquitecture #PaulaAndré #CT #Lisbon #Eventos

DINÂMIA'CET-Iscte

Ed. Iscte

Sala 2w4d Av.ª das Forças Armadas

1649-026 Lisboa

T.: (+351) 21 046 4031 | (+351) 210 464 197

E.: dinamia@iscte-iul.pt